Dados Técnicos – Turbinas

São dispositivos rotativos providos de palhetas que aceleram por contrifugação partículas de abrasivos alimentadas continuamente pelo centro. São energicamente muito mais eficientes do que as pistolas de sucção e os bicos de pressão, ou seja, com a mesma potência instalada podem realizar um volume de serviço muito maior.

Basicamente são compostos de um rotor com palhetas radiais que gira, em geral, entre 1500 e 3000 rpm, e de uma válvula dosadora que pode regular o volume alimentado e a direção dessa alimentação no centro da turbina.

Conforme o ângulo em que o abrasivo é liberado dentro da turbina, ele é arremessado em forma de leque cobrindo uma área determinada, ou seja, o fluxo pode ser direcionado com certa precisão. Os abrasivos mais utilizados em turbinas são as granalhas de aço esféricas, mas podem também operar com outros mais leves, inclusive com cascas de noz.

Dependendo da finalidade elas são fabricadas com vários diâmetros na faixa de 150 a 550mm com larguras também variáveis. Da quantidade de abrasivo acelerada depende a potência requerida para o motor. Só para ilustrar a eficiência, cabe a informação de que uma turbina de 550mm de diâmetro, girando a 2600rpm, acionada por um motor de 75cv arremessa mais de 600kg/min. de granalha de aço.

São contruídas com ligas especiais de aço de alta resistência a abrasão, o que assegura às peças de desgaste com mais de 300 horas de vida útil.